quarta-feira, 15 de junho de 2011

“E NEM...”

Ao pé da letra, a palavra nem (do latim “et non”, que significa e não, também não) já traz em si a partícula e, sendo, portanto, desnecessário o emprego do e (“e nem”). Exemplos da Bíblia: “Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma” (Jó 1:22). / “Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores”. / “Não temerás espanto noturno, nem mortandade que assole ao meio-dia” (Sl. 1:1; 91:5).

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso tenha alguma pergunta relacionada à Gramática, faça uso desse espaço...