quinta-feira, 16 de junho de 2011

PEGO ou PEGADO? ELEITO ou ELEGIDO?

Há, na Língua Portuguesa, verbos que admitem dois particípios. É o caso de pegar e eleger:

PEGAR (pego e pegado), porém, a forma “pego” só deve ser usada com os verbos “ser” e “estar”. Exemplos: Ela foi pego em adultério. / O animal foi pego na lama. Já a forma “pegado”, emprega-se com os verbos “ter” e “haver”. Exemplos: Ele tinha pegado o animal. / Ele havia pegado o bichinho.
ELEGER (eleito e elegido). Na voz ativa, quando a ação é exercida pelo sujeito, emprega-se com os verbos ter e haver, o particípio elegido: A comissão tinha elegido o novo dirigente. Igualmente: Todos ficaram satisfeitos por haver elegido o novo dirigente. Já na voz passiva, quando o sujeito é o paciente da ação, emprega-se com os auxiliares ser e estar, o particípio eleito: O novo dirigente foi eleito pela comissão. Igualmente: No Brasil, o presidente é eleito pelo povo.


---
É isso!

2 comentários:

  1. e se o particípio for utilizado junto com o futuro, por exemplo na frase: o empregado será elegido por sua dedicação carisma pontualidade e companheirismo.
    o uso do verbo ser como auxilar e conjugado no futuro torna obrigatório o uso da forma particípio eleito em lugar de elegido??

    ResponderExcluir

Caso tenha alguma pergunta relacionada à Gramática, faça uso desse espaço...