quinta-feira, 16 de junho de 2011

RECORDE ou RECORD?

Embora a forma record (de origem inglesa) seja usada com mais freqüência pelos meios de comunicação, os nossos dicionários registram apenas a forma recorde. Exemplos: O atleta bateu o recorde (e não: O atleta bateu o record). / Vou bater o recorde (nunca: Vou bater o record). Emprega-se tanto como substantivo e adjetivo. Exemplos: O Guinness é o livro mundial dos recordes. / O Brasil bate todos os recordes de violência. / Em termos de oração, ninguém bate o recorde dele. / São Paulo bateu o recorde em poluição atmosférica.
Vale ressaltar que recorde é a ação desportiva, devidamente confirmada e que supera tudo o que, no mesmo gênero, se fez anteriormente; é, portanto, o ponto máximo.

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso tenha alguma pergunta relacionada à Gramática, faça uso desse espaço...