quinta-feira, 16 de junho de 2011

Você sabe o que é um SUPERLATIVO?

Quando realçamos ao máximo a qualidade de um ser, empregamos o superlativo. Observe estes exemplos: Paulo era um homem íntegro. Com o superlativo: Paulo era integérrimo. / Salomão era um rei sábio (era sapientíssimo). / O agiota é maléficomaleficentíssimo). Exemplos da Bíblia: “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará”. / “Lembrei-me dos teus juízos antiquíssimos, ó Senhor, e assim me consolei” (Sl. 91:1; 119:52). / “Longe está o que foi, e profundíssimo; quem o achará?” (Ec. 7:25). / “Assim diz o Senhor Jeová. Pois que Edom se houve vingativamente para com a casa de Judá, e se fizeram culpadíssimos, quando se vingaram deles” (Ez. 25:12). Ou seja: alto - altíssimo, antigo - antiquíssimo, profundo profundíssimo, culpado culpadíssimo.

A seguir, veja alguns exemplos comuns de superlativos:
amável – amabilíssimo
amigo – amicíssimo
benéfico – beneficentíssimo
bom – boníssimo, ótimo
célebre – celebérrimo
comum – comuníssimo
cristão – cristianíssimo
divino – diviníssimo
eficaz – eficacíssimo
feliz – felicíssimo
fiel – fidelíssimo
humilde – humílimo, humildíssimo
inimigo – inimicíssimo
jovem – juvenilíssimo
livre – libérrimo
magnífico – magnificentíssimo
miserável – miserabilíssimo
pobre – paupérrimo, pobríssimo
possível – possibilíssimo
preguiçoso – pigérrimo
pródigo – prodigalíssimo
próspero – prospérrimo
sagrado – sacratíssimo
semelhante – simílimo
simples – simplícimo, simplicíssimo
terrível – terribilíssimo

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso tenha alguma pergunta relacionada à Gramática, faça uso desse espaço...