quinta-feira, 16 de junho de 2011

As igrejas devem ser PENALIZADAS por excesso de barulho?

Gramaticalmente nenhuma instituição pode ser “penalizada”, seja por excesso de barulho, seja por qualquer outro inconveniente. As igrejas, assim como qualquer outra instituição podem, conforme a lei vigente, serem punidas, castigadas, condenadas, prejudicadas, mas nunca “penalizadas”. Exemplos: As igrejas serão punidas pelo excesso de barulho (e não “penalizadas”). / A vítima foi castigada injustamente (e não “penalizada”). / A professora foi prejudicada por causa das fofocas (e não “penalizada”). Exemplos da Bíblia: “O Senhor resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nele confiam será condenado(Sl. 34:22). / “Não é bom também punir o justo nem ferirem os príncipes ao que obra justamente” (Pv. 17:26). / “Porque, que aproveita ao homem granjear o mundo todo, perdendo-se ou prejudicando-se a si mesmo?” (Lc. 9:25).
Ao pé da letra, penalizar significa causar pena ou desgosto. Exemplo: Jesus ficou penalizado com o sofrimento do povo. Ou seja: Ele apiedou-se do povo. / Ele compadeceu-se do povo. Exemplo da Bíblia: “Ouvindo então o rei essas palavras, ficou muito penalizado, e a favor de Daniel propôs dentro do seu coração livrá-lo” (Dn. 6:14a).

---
É isso!

Um comentário:

  1. Uma igreja situada em uma rua residencial pode tocar bandas aos domingos pela manhã enquanto famílias querem descansar após uma semana de trabalho, ou pior ainda, no meu caso tenho uma mãe com 85 anos que sofre com mal de Alzheymer e moro em frente a igreja.

    ResponderExcluir

Caso tenha alguma pergunta relacionada à Gramática, faça uso desse espaço...